Apoio à Ocupação Nelson Mandela

14606280_124258758047596_5468034300994839537_n

A Associação ECCOS vem a público manifestar seu apoio à ocupação Nelson Mandela, localizada na região do Jd. Capivari em Campinas, SP.

A Ocupação Nelson Mandela é composta por 600 famílias e surgiu em julho de 2016 na periferia de Campinas/SP, devido ao aprofundamento da crise econômica e a completa omissão do poder público municipal (Jonas Donizette/PSB) em garantir moradia para a população trabalhadora.

Como a maioria das ocupações, os mais de 100 mil m2 do terreno da Ocupação Nelson Mandela pertencem a uma antiga cerâmica que há décadas não cumpre função social alguma (prevista por lei), servindo apenas para especulação fundiária.

Não bastasse terem o direito à moradia negado, as famílias da ocupação Nelson Mandela sofrem atualmente um processo de reintegração de posse.

Por meio da Polícia Militar, os donos dos terrenos e dos imóveis, a prefeitura e poder judiciário de Campinas querem despejar centenas de famílias, em total descumprimento com a Constituição Federal.
Mostrando que a lei não é para todos mesmo.

Para evitar que outro Pinheirinho aconteça e para lutar contra a especulação fundiária, estamos reunindo forças em diferentes frentes, e este manifesto compõe mais uma das importantes ações junto ao judiciário para reversão de reintegração de posse.

Assim sendo, a Associação ECCOS declara seu apoio publicamente e assina o manifesto da Rede de Apoio à Ocupação Nelson Mandela.

A rede de apoio à Ocupação Nelson Mandela, gostaria de pedir o apoio de todos à uma luta importante.
Outras entidades que se diponham a assinar o manifesto de apoio, favor enviar um email para rededeapoiomandela@gmail.com, com NOME COMPLETO, INSTITUIÇÂO ou RELAÇÃO com uma instituição.

As assinaturas serão divulgadas em breve e o manifesto será utilizado como uma ferramenta em favor da ocupação.
Para mais informações sobre a ocupação Nelson Mandela, acesse:

https://www.youtube.com/watch?v=mC00TI4-vjs
https://www.facebook.com/comunidad.mandela.96?fref=ts

Ganhadores da Rifa Solidária ECCOS

A nossa Rifa Solidária foi mais um sucesso coletivo.

A ECCOS conseguiu arrecadar o valor de R$845,00 com as vendas de bilhetes da rifa, e como os prêmios foram todos doados, este foi também o nosso ganho.

O valor será utilizado em custos administrativos da associação (já neste mês tivemos cerca de R$230,00 de gastos com cartório, manutenção de equipamento de som e conta bancária, como exemplo). Mas também será investido em nossos projetos do primeiro semestre de 2017, como as próximas edições dos projetos ‘A Questão’ e ‘Aldeia Cultural’.

Os ganhadores foram os seguintes:

Camisetas: João Abeid
Pintura: Hélio Martins
Cesta de Chocolates: Prof. Marshal

O prêmio principal, que foi a cesta de chocolates, nos foi gentilmente doado para encaminhamento solidário.
Desta forma, realizamos um sorteio na Assembléia da comunidade Jd. Sto. Antônio (Ouro Verde – Campinas) no último domingo, como forma de presentear essa comunidade tão participativa e engajada nas questões sociais do bairro.

Agradecemos a participação de todos que colaboraram com esta rifa, principalmente aqueles que se dispuseram a nos ajudar nas vendas de bilhetes.
Veja fotos:

Rifa Solidária da ECCOS

Com o intuito de arrecadar fundos para nossos projetos sociais e culturais, a ECCOS está realizando uma rifa solidária neste fim de ano.

Os prêmios são: uma Cesta de Chocolates da Brasil Cacau, uma Pintura feita pela nossa associada Joyce (releitura do quadro “Menina Sentada” de Cândido Portinari) e duas camisetas masculinas.

Participe você também e nos ajude na continuação de nossos projetos.

rifa-eccos

O sorteio será algo simples e exibido através do canal da ECCOS no youtube, em tempo real, cujo link será disponibilizado aqui no site para quem quiser acompanhar.

Preparando 2017

A ECCOS em última Assembléia realizada em 29 de Outubro de 2016, definiu seus rumos para 2017, saiba mais abaixo:

Estiveram presentes nesta Assembleia os associados Lucas, Mila, Anyta, Renan, Joyce, Fábio Antônio, Fábio Menezes, Anderson, Orestes e Paulo Bufalo, além de Laura Machado de Mello Bueno – parceira da Associação ECCOS.

A Assembleia iniciou-se com informes gerais sobre as razões para o encontro e o andamento da associação.
Após os informes foi esclarecida a situação financeira da associação e renovados os pedidos de empenho na busca por novos doadores financeiros, ressaltando-se a necessidade de elaboração de venda, pelo site (e por demanda), de materiais como agendas, camisetas, bonés e outros brindes.
Em seguida discutiu-se sobre as realizações da ECCOS em 2016 e debateu-se sobre os resultados positivos e negativos de cada projeto realizado no ano.

Sobre o planejamento de novas atividades para 2017, foi definida a atuação em torno de três projetos principais, sendo eles:

. Projeto Aldeia Cultural, de forma semestral e com oficinas prévias com foco nas comunidades Jardim Santo Antônio e Menino Chorão (Jardim Columbia);

. Projeto A Questão, com foco voltado para redes sociais, produção de conteúdo em forma de artigos e mídia impressa semestral;

. Projeto Diálogos Abertos, proposição de ciclos de debates temáticos envolvendo diversos setores da cidade.

Para além desta atuação, definiu-se prover apoio e envolvimento às demais comunidades com as quais a ECCOS tenha alguma inserção social.
Após estas deliberações de projetos, realizou-se a chamada para a eleição de uma nova composição dos cargos diretivos e consultivos da associação. Havendo a proposição de uma única chapa e o consenso em torno dos nomes apresentados, a assembleia elegeu os seguintes associados conforme os cargos:

Coordenador Geral – Lucas Abeid Pontes
Secretário Geral – Orestes Augusto Toledo
Tesoureiro – Renan Pedroso Pontes
Coordenador de Comunicação – Fábio Henrique Menezes Evangelista

Para o conselho fiscal:
Lucas Israel Rocha
Joyce Maria Abeid Pontes
Mila Oliveira da Cunha
Paulo Roberto Bufalo
Anderson Rodrigues Lima
Christiane Pontes Medeiros

Por fim, a ECCOS foi convidada a colaborar com o Projeto Prometheus, cursinho popular elaborado por alunos da PUCC, de forma a buscar uma nova estrutura para a realização das aulas do projeto. A ECCOS se comprometeu a receber democraticamente o projeto sob o CNPJ da associação afim de obter a aprovação e posterior liberação de uso de estrutura localizada no interior do campus da PUCC.